Novidades em Construção Civil

HAGEN NEWS

Postado em 21 09 2016

A tecnologia do concreto projetado nas construções subterrâneas

Reproduzimos abaixo, na íntegra, a matéria sobre construções subterrâneas, publicada na Revista Digital Aecweb, com o parecer técnico do gerente de produtos e negócios da Hagen do Brasil, o químico Mario Sergio Guilge.

Concreto projetado favorece construções subterrâneas

Com alta velocidade de lançamento e componentes especiais, a tecnologia proporciona fácil adesão e dispensa o emprego de fôrmas para conter o selamento das superfícies

Surgida em meados do século XX, a tecnologia do concreto projetado é a favorita para construções subterrâneas. O principal fator para sua escolha consiste nas dificuldades de se montar fôrmas para contenção do concreto fresco em projetos de túneis, taludes, obras de mineração e de infraestrutura. Por apresentar alta velocidade de lançamento e fácil adesão, o sistema também é empregado em situações de recuperação e reforço estrutural de lajes, vigas e pilares, entre outros.

De acordo com informações da Master Builders Solutions, marca global da BASF, foram os avanços tecnológicos em equipamentos de projeção e o desenvolvimento da ciência de materiais que tornaram o concreto projetado ideal para construções subterrâneas. “O sistema proporciona um excelente selamento superficial e suporte ao túnel, pois se adapta perfeitamente ao contorno da escavação, endurecendo e ganhando resistência em um período de tempo surpreendentemente curto”, destaca, em nota, a assessoria da BASF.

O concreto projetado é transportado por uma tubulação e propelido em velocidade e pressão elevadas sobre a superfície. Essa operação pode ser feita por duas técnicas, conhecidas como via seca e via úmida. A diferença básica entre as duas é o momento em que a água é adicionada à mistura.

No concreto projetado aplicado via seca, os agregados e o cimento são previamente misturados, e a introdução da água com aditivo ocorre no bico de projeção da máquina, simultaneamente ao lançamento do material. “Já no concreto projetado por via úmida, a mistura de cimento, agregados e água é feita antes do bombeamento, ficando somente o aditivo acelerador para ser adicionado, juntamente com o concreto fresco, na hora da projeção”, explica Mario Sergio Guilge, químico e gerente de produtos e negócios da Hagen do Brasil.

O que define o tipo de técnica a ser adotada são as condições de aplicação. “O concreto projetado via seca é utilizado onde existe dificuldade de acesso ou quando a distância entre a usina de concreto e o canteiro é muito grande. Sem essas dificuldades, opta-se pela projeção via úmida”, difere Guilge.

VANTAGENS E DESVANTAGENS
A aplicação do concreto projetado via seca permite a realização do serviço mesmo longe da usina e da máquina. Além disso, a técnica utiliza equipamentos mais acessíveis e de manutenção mais simples. No entanto, a técnica apresenta desvantagens quanto à aplicação.
“Os materiais empregados geram poeira que, devido à alcalinidade do cimento, podem causar queimaduras ou irritação na pele. Além disso, a sílica presente pode causar doenças respiratórias”, alerta Guilge.
Outra contrapartida é que a via seca apresenta alto índice de reflexão — massa que rebate na superfície sem aderi-la —, gerando desperdício de concreto. A qualidade da concretagem é mais dependente da mão de obra especializada (o mangoteiro), demandando ajuste do nível de água e ar do material durante a operação. A projeção, ainda, deve ser feita de forma perpendicular, em movimentos circulares, para aumentar a compacidade do concreto e reduzir a reflexão.

Já a via úmida apresenta menores índices de reflexão e propriedades mais homogêneas, pois permite que a mistura seja feita em central, reduzindo-se os desvios. “A técnica apresenta grande compacidade e resistência à compressão, aumentando muito a produtividade e reduzindo os desperdícios”, aponta o químico.
Suas desvantagens consistem na necessidade de uma usina de concreto ou de misturadores eficientes. “Além disso, a via úmida depende dos aditivos superplastificantes e aceleradores de pega, que, por sua vez, são caros, assim como os equipamentos e a manutenção”, conta Guilge. A técnica não é recomendada para projeções a distâncias muito grandes.

COMPONENTES DAS MISTURAS
O cimento mais comum para mistura do concreto projetado é do tipo CP V ARI, mas pode variar conforme a técnica. “Quanto mais fino, melhor para a via úmida, pois aumenta a coesão, e pior para via seca, pois hidrata mais rapidamente com a umidade do agregado”, diz o químico.
Já os agregados são areia natural com módulo de finura entre 2,4 e 3,2 mm, além de brita 0 com Dmax de 12,5 mm ou pedrisco para via úmida. Os aditivos comumente empregados são os superplastificantes redutores de água para a via úmida e aceleradores e impermeabilizantes para as duas técnicas. “Os aditivos aceleradores podem, ainda, ser em pó ou líquidos, e também alcalinos e não alcalinos. Em alguns casos, para via úmida, utiliza-se também aditivos estabilizadores para que se tenha mais tempo entre transporte e aplicação” relata Guilge.

EQUIPAMENTOS
A projeção por via seca requer máquina a rotor com cuba e compressor de ar. Nesse processo, o cimento e agregado são depositados na cuba que direciona a mistura a uma câmara de pressurização e, posteriormente, ao mangote, cujo bico de projeção é responsável pela adição da água e, eventualmente, do aditivo acelerador. “Cabe ao mangoteiro ajustar os volumes de água, ar e aditivo para se obter melhor compactação e menor reflexão”, explica, ainda, Guilge.
Já no processo de projeção por via úmida, podem ser utilizados dois sistemas: de fluxo denso ou de fluxo aerado. “Para o processo de fluxo aerado, o equipamento é semelhante ao de projeção por via seca, mas o concreto entra no sistema na condição fluida. O ar comprimido entra para empurrar a mistura através do mangote, e o aditivo é adicionado no bico de projeção”, descreve Guilge. No processo de fluxo denso, utiliza-se bombas com pistão ou rosca sem fim, com o aditivo acelerador e o ar comprimido, sendo adicionados no bico de projeção ou próximos dele.
A escolha entre os sistemas é feita em função da obra. “O de fluxo aerado pode ser utilizado tanto para via seca quanto para via úmida, em uma mesma obra. O de fluxo denso dá à mistura mais precisão, compacidade e maiores resistências”, explana Guilge.

Normas técnicasA NBR 14026, publicada em 2012 pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), estabelece os critérios e as condições para a aplicação de concreto projetado. Já a NBR 13070, também de 2012, estabelece o procedimento para moldagem de placas destinadas a ensaios de argamassas e concretos projetados.

COLABORAÇÃO TÉCNICA

Mario Sergio Guilge – Químico de formação, com mestrado na área de Engenharia Civil (Materiais). Foi, por muitos anos, pesquisador do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) e da indústria de cimento. Hoje, é gerente de produtos e negócios da Hagen do Brasil.


Postado em 01 08 2016

Mais um produto HAGEN DO BRASIL fazendo sucesso nas Olimpíadas 2016

image

Foram quase 50 km de juntas de dilatação da via expressa TRANSOLÍMPICA preenchidas com o produto HAGEN JD PU ALCATRÃO.

Hagen JD-PU alcatrão

Selante elástico bi componente de poliuretano e alcatrão para juntas horizontais. Desenvolvido para acomodar os movimentos térmicos e estruturais dos elementos construtivos. Resistente ao tráfego pesado e a elementos químicos. Aplicado a frio. Rápida liberação dos elementos selados (4 horas).


Postado em 17 05 2016

Hagen do Brasil - qualidade com padrão internacional

A pista do Estádio Olímpico João Havelange, palco das Olimpíadas 2016, foi recuperada com produtos da HAGEN DO BRASIL. Nosso produto HAGENHARD GROUT é medalha de ouro!

GRAUTE EPÓXI  DE ALTA RESISTÊNCIA MECÂNICA

VANTAGENS  

  • Altíssima resistência à compressão e à tração na flexão.
  • Extremamente resistente a impactos.                    
  • Excelente resistência mecânica.               
  • Alta aderência, sem retração.             
  • Permite excelente acabamento e nivelamento em chapas de aço             
  • Endurecimento rápido              
  • Fácil aplicação.               
  • Alta aderência em superfícies cimentícias úmidas.


Postado em 01 04 2016

CONTROLE DA CORROSÃO EM ESTRUTURAS DE CONCRETO ARMADO

O assunto é pertinente e merece uma seleção de estratégias especiais para reparo e proteção, levando em consideração algumas condições.

Preparamos um TOP 10 com instruções e que devem ser levadas em conta na hora do processo:

1) Condições de durabilidade e performance requeridas
2) Tempo de vida útil esperado
3) Como os carregamentos deverão atuar durante e após os reparos
4) A possibilidade de reparos futuros, incluindo monitoramento e manutenção
5) Custo das soluções alternativas
6) As consequências e possibilidades de falha estrutural
7) As consequências e possibilidade de falha parcial (destacamento de concreto, infiltrações etc)
8) A necessidade de proteção contra os efeitos do sol, chuva, gelo, ventos, sais e outros agentes agressivos durante a execução
9) O impacto ambiental ou restrições à execução dos serviços, particularmente o nível de ruído e o tempo necessário para os trabalhos
10) As possibilidades de alteração no ambiente e na estética referentes a soluções alternativas


Postado em 01 04 2016

PISOS INTERTRAVADOS COM HAGEN

Conte com os produtos biodegradáveis da HAGEN DO BRASIL para a fabricação de seus pisos intertravados.

HAGENBLOCO R  e  HAGENBLOCO R1 (especial para climas frios)

Aditivo biodegradável para fins industriais pronto para uso, com função plastificante e densificador de concreto, isento de cloretos.

VANTAGENS
• Melhora a consistência do concreto.
• Aumenta a resistência mecânica.
• Melhora a qualidade do acabamento.
• Facilita a desmoldagem.
• Não deixa resíduos de massa na betoneira.
• Aumenta o grau de compactação.
• Reduz aproximadamente 50% a necessidade de molhar a peça depois de pronta.
• Reduz a necessidade de cura a vapor.
• Aumenta a impermeabilização.
• Reduz custos de produção.


HAGEN DT PLUS

É um aditivo biodegradável para fins industriais pronto para uso, com função plastificante e densificador de concreto, isento de cloretos.

VANTAGENS
• Aumenta a resistência.
• Melhora a aparência.
• Reduz a permeabilidade e o risco de fissuras.
• Facilita a desmoldagem.


Postado em 01 04 2016

COMO RECUPERAR RODOVIAS SEM PROVOCAR ENGARRAFAMENTOS?

Juntas de dilatação, consertos em pavimentos rígidos e recuperação estrutural são problemas que exigem tempo muito curto para liberação do tráfego. Com o produto GROUTEK LFR 1 BRANCO da Hagen, são problemas resolvidos com rapidez, evitando problemas no trânsito nas rodovias.

CARACTERÍSTICAS DO GROUTEK LFR1 branco

• Resistência superior a 30 MPa em 1 hora
• Indicado para recuperação de pontes e viadutos
• Indicado para juntas de dilatação
• Recuperação de trincas em estruturas de concreto
• Recuperação estrutural de peças pré-moldadas
• Recuperação estrutural em geral
• Reconstituição do monolitismo


Postado em 01 04 2016

ADITIVO IMPERMEABILIZANTE PARA FABRICAÇÃO DE TELHAS DE CIMENTO

A HAGEN do Brasil lança o aditivo impermeabilizante HAGEN Telha 700, aditivo de finalidade industrial, pronto para uso, desenvolvido para impermeabilizar telhas de concreto durante seu processo de fabricação.

EFEITOS PRINCIPAIS E VANTAGENS
• Aumenta a impermeabilidade do artefato (conforme a norma NBR 13858-2);
• Reduz a quantidade de água necessária para a consistência adequada do concreto;
• Melhora a qualidade do acabamento;
• Facilita a desforma da telha de concreto e/ou da peça;
• Aumenta a compacidade do concreto;
• Melhora a lubricidade da argamassa reduzindo os desgastes das formas e roscas;


Postado em 01 04 2016

PRODUTOS SOB MEDIDA PARA A SUA OBRA COM CERTIFICAÇÃO LEED

Se a sua obra é certificada LEED, a HAGEN DO BRASIL é o fornecedor ideal para o seu empreendimento. Além de ser uma empresa certificada ISO 14001:04, somos a única empresa no Brasil a ter produtos com Rótulo Ecológico emitido pela Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT.

Produtos Biodegradáveis e únicos no Brasil com RÓTULO ECOLÓGICO para construção civil

Na hora da desforma do seu concreto, utilize nosso

AGENTE DESMOLDANTE RS

, 100% ecológico. Origem vegetal, sem perigo para os operários e com baixa porcentagem de componentes orgânicos voláteis – VOC.

Após a concretagem, utilize nossa cura química

HAGEN CURA AC

, 100% ecológica. A base de resinas e isento de parafina, sem perigo para os operários e com baixa porcentagem de componentes orgânicos voláteis – VOC.

Sobre a Certificação LEED

Criada pelo USGBC há mais de uma década nos EUA, a certificação LEED para construção sustentável chegou ao Brasil há quase cinco anos e é considerado o principal selo para edificações no país. A certificação já atestou o comprometimento de 40 empreendimentos nacionais e colocou o Brasil na quarta posição do ranking mundial dos países mais preocupados com a construção sustentável.

Referências sobre LEED

www.usgbc.org/certification

planetasustentavel.abril.com.br

wikipedia.org/wiki/Leadership_in_Energy_and_Environmental_Design


Postado em 01 04 2016

CERTIFICAÇÃO LEED E A SUSTENTABILIDADE NA CONSTRUÇÃO CIVIL

A sustentabilidade é o assunto da vez e a construção civil não podia ficar de fora. Ser sustentável significa respeitar o meio ambiente e colaborar para que os recursos naturais não acabem, através da reciclagem, redução e uso consciente dos recursos naturais. Muitas empresas vêm adotando esta política começando por sua estrutura física. Os chamados “Prédios Verdes” são aqueles que possuem a Certificação LEED, selo dado após uma avaliação e que confirma seu o prédio possui características sustentáveis e que colabora com o meio ambiente e desenvolvimento melhor do planeta.

A origem da certificação LEED

A certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) é um sistema internacional de certificação e orientação ambiental para edificações, com o objetivo de incentivar a transformação dos projetos, obra e operação das edificações, com foco na sustentabilidade. O selo foi criado pela USGBC (U.S. Green Building Council – Conselho de Construção Sustentável dos EUA) em 2000 nos Estados Unidos e hoje é emitido em mais de 130 países.

No Brasil está presente desde 2007, onde é representado oficialmente pelo GBC-Brasil - Conselho de Construção Sustentável do Brasil. Cerca de 50 empreendimentos brasileiros entre instituições financeiras, unidades de saúde, centros educativos, estabelecimentos comerciais, prédios de escritórios entre outros possuem o certificado LEED.

Desde o início do uso das certificações LEED, os principais produtos da cadeia da construção civil como aço, concreto, mobiliário, carpete, esquadrias, revestimentos, lâmpadas, tintas, adesivos, selantes, sistemas de piso, argamassas, produtos de madeira, isolantes térmicos, isolantes acústicos, carpetes, blocos cerâmicos, elementos de fachada, dentre tantos outros, vêm buscando formas de comprovar o atendimento aos requisitos das certificações. No entanto, o descruzamento de informações e as dúvidas sobre a legitimidade das autodeclarações demandavam uma posição do mercado na definição de uma ferramenta única que avaliasse e permitisse a homologação destes produtos para poderem ser utilizados com credibilidade nas edificações sustentáveis.

Nesse sentido, a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) assumiu o desafio de reunir em sua rotulagem ambiental para produtos da construção civil todos os requisitos sob os quais determinada categoria de produto deve ser avaliada para aplicação com credibilidade nos green buildings.

Hagen e o Pioneirismo em produtos ecológicos para construção civil

A HAGEN é a primeira empresa no Brasil, fabricante de aditivos e químicos para construção civil, a receber a certificação de produto RÓTULO ECOLÓGICO emitido pela ABNT (*).Todos os produtos são biodegradáveis e de baixo VOC, contribuindo sobremaneira ao meio ambiente e reduzindo os perigos e riscos dos trabalhadores que manipulam os mesmos, trazendo alternativas aos empresários, preocupados com o atendimento legal de saúde ocupacional de seus funcionários.

Produtos certificados:

Além de facilitar a aplicação do produto em projetos que estão buscando uma certificação ambiental, o rótulo ambiental traz vantagens competitivas para fornecimento a todo e qualquer evento ou estrutura relacionada aos Jogos Olímpicos de 2016, o qual o Rio de Janeiro se engaja para ser o mais verde de todos os tempos. O guia da Cadeia de Suprimentos Sustentável, elaborado pela Rio 2016, comitê organizador dos jogos olímpicos no Rio, dá prioridade a fornecedores que possuam produtos com a rotulagem ambiental Tipo I de um órgão associado ao Global Ecolabelling Network (GEN).


Postado em 01 04 2016

IMPERMEABILIZAÇÃO DE CONCRETO, MADEIRA, FERRO E ALVENARIA COM MANTA FLEXÍVEL SEM EMENDAS

Impermeabilização fácil e rápida a frio com a Manta Hagen Super flexível. O produto forma uma manta semi-flexível impermeabilizante. HAGEN SUPER FLEXÍVEL é impermeabilizante mono-componente, pronto para uso, a base de resinas acrílicas, ee forma uma manta flexível altamente impermeável com somente 3 demãos.

EFEITOS E PRINCIPAIS VANTAGENS

• É prático, econômico e de fácil aplicação, não exigindo mão de obra especializada.
• Forma um filme uniforme, elástico e completamente impermeável.
• Impermeabilizante de concreto, madeira, ferro e alvenaria contra a umidade.
• Não resseca e resiste às variações bruscas de temperatura.
• Boa adesividade aos substratos cimentícios.
• É aplicado a frio.
• Não forma emendas.


Postado em 01 04 2016

CHEGOU O APLICATIVO HAGEN PARA A SUA OBRA

Agora você pode contar com tecnologia e informação, a qualquer momento, na sua obra. Acesse o mais amplo portfólio de produtos de química para construção civil do Brasil, com todo tipo de aditivo para a sua obra.

Baixe agora!

https://play.google.com/store/apps/details?id=hagen.prod.cordova.template• Catálogo completo de produtos.• Saiba em qual fase da obra usar cada produto.• Contate nossa rede de representantes e revendas.• Acesso a todas as FISPQs e Fichas técnicas dos produtos.• Acesso off-line, não precisa de internet (após o download).


Postado em 01 04 2016

TECNOLOGIAS E MATERIAIS QUE REDUZEM O IMPACTO AMBIENTAL - INSTRUÇÃO NORMATIVA IN 01/2010

A Instrução Normativa IN 01/2010 em seu Artigo 4º, nos termos do art. 12 da Lei nº 8.666, de 1993, estabelece que as especificações e demais exigências do projeto básico ou executivo, para contratação de obras e serviços de engenharia, devem ser elaborados para contratarem tecnologias e materiais que reduzam o impacto ambiental como: materiais que sejam reciclados, reutilizados e biodegradáveis; e que ainda sejam observados os requisitos da Norma ISO 14001 de meio ambiente.

Sua empresa tem dificuldades para comprovar e atender aos critérios de sustentabilidade ambiental (IN 01/2010 do Ministério do Planejamento) para fornecimento de bens e obras para a Administração Pública Federal direta?

Nesse contexto, a HAGEN se posiciona como uma provedora de soluções para atender à IN 01/2010, visto que é a única indústria química fabricante de aditivos para concreto e outros produtos para construção civil, a possuir produtos com RÓTULO ECOLÓGICO emitido pela ABNT.

A HAGEN DO BRASIL ainda possui 3 certificações também concedidas pela ABNT: o Sistema de Gestão Integrado ISO 9001:2008, a ISO 14001:2004 e a OHSAS 18001:2007.

Produtos com rótulo ecológico


Postado em 04 11 2015

HAGEN no Encontro de Vendedores Tambasa

A HAGEN DO BRASIL se fez presente no encontro trimestral dos vendedores da TAMBASA, que ocorreu neste último fim de semana em Salvador. 

Em destaque, nosso Coordenador do Office Brasil, Sr. Ingo Hanzak.


Postado em 29 10 2015

A qualidade das grandes obras, agora na sua...



A qualidade das grandes obras, agora na sua casa
www.hagendobrasil.com.br


Postado em 18 09 2015

SIPAT 2015 NA HAGEN

Na semana de 14 a 18 de setembro aconteceu a 5a SIPAT Hagen. O tema foi “Não confie na sorte. Confie na segurança!”


Tivemos uma série de palestras abordando os seguintes assuntos:

• Como reduzir o stress;
• Meio Ambiente;
• Doenças Sexualmente Transmissíveis;
• Motivação;
• Qualidade de vida.


Postado em 11 08 2015

Hagen patrocina Seminário de Inovações e Controle Tecnológico do Concreto em Santa Catarina

A Hagen do Brasil patrocina o SEMITEC Seminário de Inovações e Controle Tecnológico do Concreto em Criciúma - Santa Catarina, evento organizado pela Qualify Concretos e que acontecerá no dia 11 de agosto de 2015.

Para incrições e maiores informações, acesse: Site da Qualify Concretos


Postado em 04 08 2015

Novo parceiro comercial Hagen em Santa Catarina

A empresa QUALIFY Comércio é a nova parceira comercial da HAGEN do Brasil na região da grande Criciúma em Santa Catarina, atuando como distribuidora e revenda técnica na região sul do estado.

Criciúma / Cocal do Sul
Televendas: (48) 3447 5673 / Tiago (48) 9178 1599
representacao@qualify-concretos.com


Postado em 30 06 2015

HAGEN RENOVA A ISO 9001 EM 2015

Mais uma auditoria repleta de sucesso em nossa empresa. A ABNT através dos auditores Aline Vieira e Paulo Bruno nos honraram com sua presença em mais uma avaliação ISO 9001.


Postado em 13 06 2015

KING OURO distribui produtos HAGEN no Rio de Janeiro

A HAGEN DO BRASIL ministrou neste sábado, dia 13/06/2015, uma apresentação técnica de seus produtos na empresa KING OURO, maior distribuidor e revendedor de materiais para construção no Estado do Rio de Janeiro.

A partir de agora, os lojistas poderão adquirir nossos principais produtos na KING OURO. Parabéns aos colaboradores Igor Klechniowsky, grande palestrante da área técnica, e aos srs. Ingo Hanzak e Francisco Machado da nossa área comercial. 


Postado em 19 04 2014

1º ENCONTRO FORÇA DE VENDAS HAGEN 2014

Nos dias 14 e 15 de abril realizamos nosso 1º Encontro Força de Vendas 2014. Foram dois dias de atividades intensas, onde nossos vendedores e representantes tiveram a oportunidade de aperfeiçoar e desenvolver o conhecimento sobre produtos, procedimentos comerciais e técnicas de vendas. Mais uma vez a Hagen do Brasil investindo no desenvolvimento de nossos profissionais. Confira nossa galeria:



Leia mais novidades Hagen em nosso Blog


Receba dicas sobre Construção Civil e Promoções Exclusivas



100% livre de SPAM
ABNT